Anuncie Barato!
Colabore e Participe de Premiações!!

Empresas preferem o iPad

Fred Dutra 1 de Maio de 2012
Empresas preferem o iPad

Que o público corporativo já vê nos tablets uma nova ferramenta de uso, isso muita gente sabe. Inclusive algumas fabricantes de dispositivos convencionais, para o uso doméstico, já mudaram a linha de produção de alguns equipamentos com foco neste nicho de mercado. E assim, desenvolveram modelos destinados exclusivamente para o setor corporativo. Entre a principais marcas que apostaram em dispositivos para o segmento corporativo estão a Sharp, com o RW-T110, a Lenovo, com o ThinkPad e a Fujitsu, com o Stylistic M532.

As vantagens em se ter um produto exclusivo são muitas, pois além de oferecer um produto com funções e recursos específicos, o preço pode sair mais em conta para a empresa, que geralmente compra em grande escala. Isso sem falar nos aplicativos de produtividade, organização, finanças, utilidades, enfim, apps que trarão recursos direcionados para cada necessidade.

Porém, com tantos tablets a disposição para as empresas optarem pela compra o queridinho do público doméstico também é o queridinho das empresas. Isso mesmo, o iPad está dominando o mercado corporativo.

A informação é resultado de uma pesquisa da Good Techonology, fabricante de gerenciamento wireless de email e aparelhos. Segundo os dados, 97,3% dos tablets ativos no primeiro trimestre foram o iPad, da Apple. Além de ter obtido um aumento de 3% quando comparado a pesquisa anteriore, no final do trimestre de 2011. Ao contrário do que aconteceu com o Android, que teve queda de 5% para 2,7 %.

A pesquisa teve como base os Estados Unidos e além do crescimento no uso do iPad também revelou modos diferente de uso para o equipamento. Por exemplo, os três modelos do iPad estão presente entre os funcionários, alguns levam o equipamento de casa e utilizam na empresa, o setor financeiro é o local onde foram encontrados a maior parte de usuários e o iPad 2 foi a versão em maior quantidade presente nas empresas.

Apesar do iPad não ser destinado exclusivamente ao mercado corporativo, a utilização neste segmento está ligado a oferta de aplicativos destinados ao setor, pela qualidade do produto e softwares, ainda que se pague um pouco mais caro pelo equipamento.



Deixe uma resposta »