Anuncie Barato!
Colabore e Participe de Premiações!!

Tablets estão acabando com os videogames

Vinicius Brino 26 de Abril de 2012
Tablets estão acabando com os videogames

A inovação tecnológica sempre traz ao consumidor novos tipos de produtos. Se hoje smartphones e tablets são coisas comuns, há alguns anos não se podia imaginar a existência desses produtos. E esses novos produtos abrangem sempre novas funcionalidades, e uma delas, que é a presença de games, está ajudando á afundar os videogames.

Pelo menos a Nintendo, famosa e tradicional empresa da área, já se mostrou atingida por esses dispositivos. A empresa japonesa deve anunciar, em breve, seu primeiro déficit operacional, que teve previsão de 45 bilhões de ienes no último ano fiscal.

O motivo da brusca queda nas vendas da empresa? Tablets e smartphones, pelo menos segundo o analista do Macquarie, David Gibson: “Eles [videogames] foram superados por smartphones e tablets, em particular, em termos de gastos de consumidores e, principalmente, tempo”.

E isso não é algo difícil de se entender, pois esses novos aparelhos levam os games aos mais diversos lugares, além de agrega-los a outros tipos de funcionalidades, como acesso á internet, ligação (no caso de smartphones), uma infinidade de aplicativos á disposição e etc. Com isso, a compra de um videogame portátil, por exemplo, deixa de ser atraente.

Além do déficit, a companhia que começou fabricando baralhos, em 1889, e se consagrou com os games, também diminuiu suas previsões de venda, devido á concorrência desses outros aparelhos. Em abril do ano passado, ela esperava vender 13 milhões de unidades do Wii, 16 mi de 3DS e 11 mi de DS, mas em janeiro desse ano, eles caíram para 10 mi, 14 mi e 5,5 mi, respectivamente.

Os consoles “tradicionais”, que são ligados á TV, não devem sofrer tanto com a popularização e o avanço dos tablets, mas os consoles portáteis tendem á sofrer cada vez mais com esses aparelhos. O que você prefere: jogar em um videogame portátil ou em um tablet/smartphone?



4 Comentários »

  1. Anónimo at - Reply
  2. Anónimo at - Reply
  3. Anónimo at - Reply

Deixe uma resposta »