Anuncie Barato!
Colabore e Participe de Premiações!!

Os melhores tablets de 2011

Hugo 20 de Dezembro de 2011

Os tablets em 2011 brilharam menos que seus parentes smartphones, mas não resta dúvida que esse ano ainda foi um marco para essa relativamente nova categoria.

O iPad 2 é o mais conhecido mas vários outros fabricantes entraram nesse nicho esse ano. Do Samsung Galaxy Tab 10.1 ao inovador ASUS Eee Pad Transformer e ao atrasado mas distinto Sony Tablet S, existem várias opções de escolha para os consumidores.

A revista PC World analisou quase todos os tablets lançados na Austrália em 2011 e apresentou os 5 melhores tablets desse ano, a nata dos tablets.

5° lugar: HP TouchPad

Você pode questionar o porque do HP TouchPad estar nessa lista se nem mesmo é vendido atualmente, porém, apesar do abandono da HP, ele foi um dos mais vendidos em 2011. Na Austrália ele foi esgotado apenas algumas horas depois da famosa redução de preço para 98 dólares.

O TouchPad é mais grosso e pesado que muitos dos seus competidores e há uma falta grande de aplicativos específicos que fizeram o iPad tão popular. Apesar disso, seu webOS é intuitivo e fácil de usar e tem uma ótima performance de audio, pela barganha de 98 dólares.

4° lugar: ASUS Eee Pad Transformer

A maioria dos tablets Android se parecem muito, com exceção do tablet da ASUS. Seu Eee Pad Transformer tenta adicionar um opcional muito desejado no mundo dos tablets que é o seu teclado destacável que transforma o tablet em um tipo de notebook.

O Transformer tem alguns problemas mas o teclado/dock é realmente bom e definitivamente recomendado se você quer mesmo digitar muita coisa. E o melhor, o teclado do Eee Pad Transformer tem 2 portas USB, um slot para cartão SD e uma outra bateria, que adicionam mais seis horas e meia de uso ao tablet. Ele custa cerca de 600 dólares lá fora.

3° lugar: Sony Tablet S

Todos já perceberam que os tablets Android são realmente muito parecidos entre si, então quando a Sony desenvolve um tablet como o Sony Tablet S o excitamento é geral. Seu distinto e curvo design é referido pela Sony como uma revista dobrada. Porém ele está longe da perfeição, a tela de 9,4 polegadas poderia ter mais brilho, a qualidade do acabamento poderia ser melhor e o software não é rápido. Entretanto o Tablet S continua um dos melhores dispositivos Android do mercado e é uma alternativa solida ao iPad 2. O Sony Tablet S pode ser comprado no exterior por cerca de 600 dólares.

2° lugar: Samsung Galaxy Tab 10.1

O Samsung Galaxy Tab 10.1 é o mais falado de todos os tablets na Austrália. Lembre-se de que a Apple tentou bloquear a venda do Gtab na Austrália acusando o mesmo de ser uma cópia do iPad 2, sem sucesso.

O Galaxy Tab 10.1 é mais fino e mais leve que o iPad 2 e é uma peça incrível de design. A plataforma Android continua menos polida que o iOS, e a falta de aplicativos específicos para o tablet é um problema, mas essas falhas são da Google e não da Samsung, que fez um ótimo trabalho produzindo uma alternativa de crédito para o iPad 2. Ele pode ser encontrado no exterior por preços que variam de 600 a 750 dólares.

1° lugar: Apple iPad 2

Alguém duvidou disso? O iPad 2 pode não ter as melhores especificações e pode não suportar Flashe não ter a melhor câmera, mas não há duvida de que ele combina um hardware construído com presteza e um sistema excelente que produz uma experiencia muito boa.

O iPad 2 é mais rápido, mais fino e mais leve que seu antecessor. Se você gostou do iPad original, você irá amar o iPad 2 mas tenha em mente que ele não é uma atualização. De qualquer forma, ele continua o melhor tablet do mercado e possui versões que custam de 580 a 950 dólares.

O que achou da lista da ‘PC World’? Concorda? Comente e deixe seus pensamentos.

Artigo original: Best tablets of 2011



9 Comentários »

  1. Anónimo at - Reply
  2. Anónimo at - Reply
  3. Anónimo at - Reply
  4. Anónimo at - Reply
  5. Anónimo at - Reply

Deixe uma resposta »